domingo, 4 de outubro de 2009

RANCHO VAZIO - TONICO E TINOCO



COMPOSIÇÃO DE
ANACLETO ROSAS JR E ARLINDO PINTO

Eu me vejo tão sozinho
Aqui dentro do ranchinho
Em tão grande solidão

Sinto ate um nó na garganta
Uma coisa que me espanta
E me aperta o coração

Ate o meu perdigueiro
Já não sai mais no terreiro
Depois que ela morreu

Ate parece que o bichinho
Encolhido no cantinho
Sofre muito mais que eu

Guardei um vertido dela
Guardei um par de chinelas
Tudo pra recordação

Não esqueço nem por nada
Sua imagem retratada
Eu guardei no coração

Às vezes eu tiro o chapéu
Levanto os Olhos pro céu
Pergunto a Nosso Senhor

Aonde ta minha Maria
Mulher que eu tanto queria
E que Você carregou...

RANCHO VAZIO

video