quarta-feira, 19 de abril de 2017

terça-feira, 4 de abril de 2017

Composição de Anacleto Rosas Junior : Craveiro e Cravinho - Burro Picaço




BURRO PICAÇO - LETRA E MÚSICA DE TONICO E TINOCO
Comprei um burro picaço 
De treis ano mais ou meno 
Na hora de dá o recibo 
O tropeiro foi dizendo:

Cuidado com esse macho 
Esse bicho tem fama 
De ser perigoso 
Por ter matado peão 
O nome do burro ficou criminoso

Joguei o lombio no burro 
O macho se estremeceu 
Apertei a barrigueira 
O meu burro se encoieu

Sentei enrriba do couro 
O povo de perto de medo correu 
Mas qual o que minha gente 
Pagão que me aguente 
Inda não nasceu

Tosei a crina do burro 
Na sistema meia-lua 
Prá cortar uma légua e meia 
Meu criminoso nem sua

Prá varar uma canteira 
Passar uma porteira 
Corrida ele avua 
Sai fogo de todo lado 
No passo picado 
Na pedra da lua

Eu já vi burro ligeiro 
Mas iguar esse inda não 
Ingeitei cinco pacote 
Do fio do meu patrão

Gosto muito de dinheiro 
Cinco mil cruzeiro 
Não leva o machão 
Pra falar mesmo a verdade 
Não existe riqueza 
Que compre o burrão.

Composição: (Anacleto Rosas Jr. e Arlindo Pinto) Silveira e Silveirinha - Burro Picaço